Água fria e areia – Vanessa Vascouto

R$ 32,00




 

“Pode uma história de amor ser feita também do que não foi vivido? Aquilo que foi sentido, sonhado, mas não realizado também é história? Também é amor?  Somos resultado do que vivemos de fato ou de nossas memórias embaçadas e imperfeitas?

Quando Caroline, aos vinte anos, conhece o francês Yannis, nascem dois rios de possibilidades. Nasce a possibilidade do encontro assim como a possibilidade do abismo.

É em pequenos abismos entre sonho e concretude que reside a terra onde brota a poesia que embaça e ao mesmo tempo ilumina a memória de Caroline.

Para ela, talvez não exista muita diferença entre sonho e realidade. Talvez exista apenas poesia.”

Blubell

 

“Fosse o amor apenas uma espuma leve e brilhante, dessas que o mar arrasta vagarosamente, Vanessa Vascouto não mergulharia o olhar tão profundamente para onde habitam as lembranças construídas na lacuna das vivências. Com uma delicadeza desconfortante, pontual e imagética, a autora mostra sua habilidade de costurar uma prosa poética vistosa e densa ao nos revelar Caroline e Yannis em suas mais francas vulnerabilidades: “a fragilidade alheia é mais bonita de longe”.

Almas em cíclica reconexão, as personagens são encharcadas pela saudade do que se passa no invisível, tomadas pelas dores que engrandecem a existência e pela instabilidade das marés interiores. Com frases inesperadas de uma simplicidade enganosa, a autora provoca: “alterar lembrança sólida é coisa séria”.

Munida de uma ternura ácida para tecer o recorte cotidiano das personagens, a autora destaca com sinestesia cada detalhe de seu desromance. ‘‘Água Fria e Areia’ é a tempestade silenciosa que desafia a racionalidade das almas apaixonadas e a tolerância dos corações que se reservam o direito de viver o encanto da espera, ainda que gélida e áspera.”

Susan Souza

 

“É um desromance, ela me avisou. Mas logo se arrependeu, pois a história de Caroline e Yannis, mostra-se a todos afinal. Desdobrando esses espaços origâmicos, recheados de um tempo que pode ser tão incômodo quanto confortável, o silêncio faz mais sentido que as palavras. O frio conserva mais memórias que o calor. E vou descobrir que partes dessa narrativa me habitam também. Planos que deram certo em meio a soluços. Caminhos de amores interrompidos, que só tem passado…  E era amor? Sempre é. O invisível que a gente sente.”

Fernanda Takai

 

 

Vanessa Vascouto

Nasceu em Chapecó (SC), é escritora, roteirista, dramaturga e jornalista. Atualmente, mora em São Paulo e integra o Núcleo de Dramaturgia SESI – British Council. “Água Fria e Areia” é o seu primeiro romance.